Eu acredito é na rapaziada…

Um novo tempo já chegou e com isso, novas tendências de marketing e publicidade são aventadas todos os dias, um trem que passa vagão por vagão em uma velocidade que não toca os trilhos. Novas possibilidades, novas técnicas e tecnologias e novas formas de se comunicar com novos e velhos públicos. Mas para isto ser colocado em prática, não basta somente ferramentas, precisamos também olhar para a categoria de base.

As revoluções industriais sempre vêm acompanhado de uma geração que faz um processo disruptivo e causa um impacto poderoso no mercado de trabalho. A geração atual já cresceu com Uber, internet de fibra em casa, Netflix, smartphone, ifood entre outras ferramentas que muitas vezes fazem com que eles não saibam o que é pegar um ônibus atrasado, esperar acabar a novela para ver o filme da telinha, ter de ir a escola para usar a internet e até fazer um miojo. São fatores que a tecnologia e a competição de mercado facilitaram o acesso muitas vezes até para os menos afortunados. Para quem veio das gerações anteriores, com o pensamento nostálgico, pela vivencia, tem muitas queixas e reclamações dessas facilidades, mas essa visão carrega também uma cegueira em uma forma holística. A realidade de hoje é que essas gerações tem um tempo e tem uma forma de raciocínio diferente. A conectividade e os “novos normais” em que eles foram criados já cortam e pulam etapas que no passado demandavam preparação e outras ações, o que faz com que os processos se tornem muito mais simplificados e ágeis. Muitas vezes conversando, a gente percebe que o raciocínio deles ignora completamente pontos que hoje conhecemos como obsoletos e isso aplicado em um mercado dinâmico e que mudou completamente como o marketing e a publicidade, fez com que este negócio mudasse completamente, hoje nos dividimos em agência digital, agência off ou na dita e repetida agência full servisse (para mim parece nome de comida, odeio expressões em inglês). Mas o fato é que a nova geração já mudou completamente o mercado da criatividade, isso não quer dizer que o “off” acabou, isso é um erro repetido por aí, pois não acabou não, muito pelo contrário, mas que o digital tomou a frente, inclusive no fator de interesse, isso é inegável.

Enfim, a delícia da vida é a diversidade. Diversidade de ideias, de cores, de gêneros, de crenças, de tudo, e o nosso Brasil que é campeão de mistura de raças, tem este privilégio, por mais que muitos queiram, nós não somos um produto só, uma linha em série, um modelo único que se repete do Oiapoque ao Chuí. E mais um ponto positivo desta nova geração é que ela já veio para quebrar esses “dogmas de fé” que o pensamento conservador carregou por 500 anos, hoje essa turma já fala em escolher por quem irá se apaixonar, por preferir produtos sem plástico, em usar roupas onde não agridam o meio ambiente tampouco os animais, menos carro e mais bicicleta, menos carne (o que é muito triste) e mais vegetais, menos prática e mais ação. Que venham, que sejam bem-vindos, que aprendam, que errem, que acertem e que tenham muito tesão em viver e trabalhar.

Compartilhar esta postagem

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on print

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Explore mais

Cultura

O Farol de Propósito das Marcas

O mundo está passando por uma chamada “crise de sentido” causada por fatores como a rapidez das mudanças sociais, o consumismo e os problemas globais.

M9 Group tem tudo planejado para o futuro, trabalhando com grandes clientes e em desenvolvimento contínuo.

Nossos
Parcerios

M9 Group tem tudo planejado para o futuro, trabalhando com grandes clientes e em desenvolvimento contínuo.

Contato

comercial@midia9.com.br

Av. Barão de Studart, 1165 - Aldeota, Fortaleza - CE, 60120-001

Fale Conosco
Está com alguma dúvida fale Conosco

Quer potencializar a sua marca?

Investir no digital é poder ter uma visão de um mercado que vem crescendo cada vez mais. E sua empresa, obviamente, não pode ficar de fora.